Os cachinhos do Hector


Oi gente, tudo bem? Espero que sim.
Por aqui está tudo certo! :)

Sabe quando você pega aquele bebezinho recém nascido no colo e passa os dedos no cabelinho... ah é tão lisinho e macio... mas passam os meses e a genética chega chegando, marcando território! E eu amei!

No começo eram apenas ondinhas, aí foram encaracolando até que viraram os cachinhos que chamam a atenção por aí.




E digo que chamam a atenção por que por onde passo ouço:
´´Oh, he is so cute!!!´´
´´I loved his hair´´
´´Oh my God, he looks like an angel´´
E por aí vai, rs.

Eu não quis e nem pretendo (apesar da pressão) ceder ás máquinas e cortes militares. Eu quis que ele tivesse seu próprio estilo. Nem enorme, nem raspado, só... os cachinhos do Hector!
Tenho todo um cuidado especial com a hidratação, forma e brilho. Tem todo um processo hehe.



Eu não sei se por falta de costume de ver um menino com cabelo maiorzinho ou por que raios... A maioria das pessoas, principalmente homens, não se contentam em ver os cachinhos bonitinhos, e insistem em chegar esfregando com a mão e acabando com o trabalho todo. Pensa numa mãe brava e decepcionada, essa sou eu nesse momento!!! kkk

Você que tem cabelo cacheado tipo miojinho sabe que depois que modela, se esfregar, passar as unhas e etc... vai virar uma juba de leão certo? E é exatamente assim que ele fica, com aquele Black Power gigante! Eu não tenho nada contra quem usa estilo black power, inclusive vejo crianças lindaaaas e estilosas, mas não é a minha proposta, minha saga é pelo cachinho perfeito.



E por falar em homens com problema de aceitação aos cachinhos, rs, meu esposo insiste em dizer essa absurda frase:  ´´O cabelo dele fica enrolado por que você não penteia!´´
E eu me pergunto, será que, só por acaaaaaso, a genética não teria nada a ver com isso? kkk
É cada uma!

Sigo aqui na minha saga. E vou compartilhando com vcs!
Fiquem com Deus.


Nada pra pedir, só agradecer!


Aprendemos a pedir por natureza.
Se alguém não pede ajuda, continuará precisando. Se o bebê não chora pra pedir o leitinho, ninguém vai saber que ele está com fome. Se não pedir licença, continuarão bloqueando o seu caminho. E todos os dias, mais do que tudo, pedimos á Deus que nos guarde, nos proteja, nos oriente... Pedimos pra que opere em nosso favor, que faça o milagre, que cure aquela dor, abra aquela porta, nos permita alcançar aquele sonho.

Mas você já parou pra pensar nos degraus que você já subiu até aqui? Nos livramentos que Deus já te deu? Já prestou atenção no fato de que a anos atrás você pedia a maioria das coisas que você tem agora?

O desafio hoje é: Um dia sem pedir, só agradecer!

Agradecer a comida que alguém fez pra você com carinho, agradecer a gentileza de alguém, a companhia do seu amigo...
Vai lá fora, olha para o céu e agradeça a vida que Deus lhe deu, esse dia bonito, esse céu tão grande, a beleza das pequenas coisas...
Aprecie, agradeça. :)
Fiquem com Deus!