Distância



Você já esteve distante de algum lugar por algum tempo e quando voltou lá, teve a impressão de que tudo estava menor ou estranhamente diferente?
Eu acredito que o maior impacto nessa situação é quando percebemos que o mundo não parou pra nos esperar, que nada é como antes.
Certa vez, na infância, me deparei com um caminhão de mudança na porta da minha casa e minha mãe apressada repetindo: ''Vamos, vamos, arruma as coisas, estamos indo embora!''
Ela tinha inúmeros motivos para querer se mudar de lá, estava pensando no melhor pra gente e estava tão preocupada com a situação em questão, que não chegou a ter tempo de conversar comigo sobre o que estava acontecendo. Se fecho os olhos agora, posso lembrar cada detalhe daquele dia, foi marcante, tristemente marcante.
Enquanto todos empilhavam, embalavam, carregavam coisas, eu estava no meu mundo dando passos lentos no quintal, olhando tudo, tentando assimilar e me despedindo. Era como se algo precioso estivesse sendo tirado de mim, as alegrias que ali vivi, as brincadeiras, os momentos em família, os amigos da minha rua, etc.

Anos e anos depois, já casada, tive a oportunidade de voltar lá e claro, reviver lembranças. cada espacinho tinha uma história carregada de sentimentos, mas... tudo era diferente, a casa parecia muito menor, as casas dos vizinhos mudaram as fachadas, deixou de ser aquela rua de terra onde eu brincava até tarde, já não tinha mais o campinho, abriu-se uma outra rua bem ao lado dando passagem ao outro bairro, pessoas queridas que haviam partido, alguns amigos que seguiram suas vidas, já com suas famílias, enfim...
A vida continuou!

Vivendo aqui nos EUA, longe da família, amigos, e tudo o que no Brasil ficou, percebo nitidamente o quanto o tempo voa, vendo minhas sobrinhas já grandes, fases que estou perdendo, coisas acontecendo sem que eu esteja lá, filhos de amigos nascem, outros se casam, alguns se vão para junto de Deus e aqui estou eu, distante. Eu só sei que o mundo não gira em torno de mim, nem muito menos o tempo por lá parou só pra esperar a minha volta!

Isso nos leva a mudar de atitude no que diz respeito ao hoje!

Viver um dia de cada vez, amar e demonstrar, ser grato, ter humildade para reconhecer os erros, são coisas que não podem ser apenas temas para novelas e filmes.

A distância também nos faz enxergar com clareza a importância de cada coisa que faz parte da nossa vida. E nos dá a chance de enxergar de fora, tudo por um outro ângulo.

Eu penso que a impressão que temos de que um lugar ao qual retornamos diminuiu, é que os nossos horizontes se ampliaram, o nosso universo expandiu, e já não te cabe mais aquele passado. Mas tudo é diferente quando se tem pessoas que ama lá e aqui, pois independente do local, de como evoluiu a cidade ou não, ali estarão aqueles que fazem o seu universo permanecer gigante!

Pense nisso! ;)



Nenhum comentário: