Popular Posts

O que é Bullet Journal?



Descobri essa arte do planejamento + organização + desenho + diário e etc, através de uma amiga que estava muito concentrada na mesa, rodeada por canetinhas, enquanto rolavam aquelas risadas altas da galera no jantar de natal.
Eu já tinha visto várias referências, principalmente no Pinterest e outros blogs, mas foi quando conheci um pessoalmente que me apaixonei e decidi aderir!

O Bullet Journal ou BuJo (como o apelidaram) é um estilo de Agenda/Bloco de notas que foi criado como uma nova opção para quem não gosta muito do formato tradicional.

Bullet: é a palavra inglesa usada para aqueles símbolos usados em listas antes das tarefas a serem realizadas.

Journal: é a palavra inglesa que significa diário/caderno de anotações.

O que você precisa para começar?
Um caderno em branco, caneta e criatividade.

Nele você planeja seu ano, seu mês, seu dia, cria listas, tarefas a serem executadas...
Também tem os Logs (registros) e Trackers (rastreadores), que nada mais são do que uma forma de você colocar sua vida em perspectiva, deixando tudo mais claro, afinal você não tem como se sabotar ou perder o controle do que está em andamento.

Exemplo de Log:
💦 Consumo de água diário. Onde você poderá desenhar os copinhos de água vazios, cada um equivalente a uma medida que você achar melhor, e vai riscando ou pintando á medida em que vai consumindo, ou ao final do dia, para ter em mente se alcançou sua meta diária, se faltou muito e onde precisa melhorar. Também pode fazer isso com metas de exercício físico, horas de sono e muitas outras coisas.

Exemplo de Tracker:
Você pode criar trackers bem bonitos, coloridos, com várias informações para que ele não seja apenas útil pra você, mas seja também divertido e relaxante. Poderá acompanhar a evolução dos seus estudos, das suas metas dentre muitas coisas, como esse ¨habits tracker¨ (foto abaixo) em que eu fiz uma lista com atividades como: Levantar as 6:30 da manhã, Meditar na bíblia, Fazer exercício, Comer fruta e/ou vegetal, Estudar inglês entre outras coisas que julgo importante ter no meu dia. Para cada atividade uma cor, e cada vez que uma delas é realizada eu pinto o quadradinho á frente do dia em questão.
Ao término do mês, olhando para aquele arco-íris de quadradinhos, você vai se dar conta de quanto tempo perdeu, ou onde foi que faltou praticar mais, e tudo isso esclarecido visualmente, faz nosso cérebro absorver e nos impulsiona a agir.


Tudo isso você deve organizar nas páginas do seu BuJo. Cada página precisa ser numerada e colocada no índice que você deverá fazer nas primeiras folhas do seu caderno para não se perder depois.



Aqui nos EUA já é tão cultural fazê-lo, que nas lojas se vende os modelos ideais de caderno para Bullet Journal, aqueles de capa dura, sem espiral e sem linhas, para você poder soltar o artista que há dentro de você se assim quiser! Mas não fique limitado a isso, faça com qualquer caderno que estiver á sua disposição. E segue um outro conselho pessoal, não fique preso ás aparentes regras! Se você não começou no começo do ano, comece quando quiser, se não quiser aderir aos padrões faça do seu jeitinho.

Use o seu Bullet Journal também para se expressar, desenhar (se você gosta), fazer colagens, escrever, registrar memórias, acontecimentos, inspirações e idéias, fotos, etc. Não tem regra! Seja livre e feliz!

Se você gostou, se interessou pelo assunto e quer que eu volte com mais dicas de Bullet Journal, páginas, Logs, Trackers, desenhos, funcionalidades e etc, deixe seu comentário que é muito importante pra mim, combinado? 😉

Então fechou!
Até o próximo post!













Nenhum comentário: